domingo, julho 31

Família

Quem está sempre lá quando você precisa, quando é divertido, quem sabe seus maiores defeitos e melhores qualidades, quem é sempre de casa, quem faz sempre falta quando não está, e é bem vindo em qualquer circunstancia.

É amor além de qualquer razão, Família, é isso...

Não preciso falar muito. Amo vocês.

Segue o vídeo...
(obs: Em fullscreen é bem mais legal!)

quarta-feira, julho 20

Dia do amigo

Os amigos sabem que talvez a maior dúvida de minha existência, não é nada grandiloquente ou uma questão crucial que influencie no meu futuro, é algo simples que jamais conseguirei decidir:

 Gosto mais do Rei leão ou do Toy Story?? rss

Cada qual com suas particularidades, Toy Story tem a música que reflete pra mim tudo que é ser amigo, aliás, talvez Toy Story tenha me ensinado isso, eu sempre soube que o Andy amava o Woody e o Buzz também, eu compartilhava isso com o Woody e com o Buzz, esse sentimento de ser o amigo mais importante do menino e a possibilidade boba de ser trocado, mas jamais seriam, porque eram amigos de verdade, mesmo, me senti com 4 anos refletindo sobre isso agora! rs.




Aquela musica no início do filme enquanto passava as cenas do Andy brincando pela casa, é a definição de amizade que mais gosto, ou a que chega mais perto, uma vez que é algo que não se pode definir:

"Amigo estou aqui, amigo estou aqui!


 Se a fase é ruim, e são tantos problemas que não tem fim, não se esqueça que ouviu de mim: Amigo, estou aqui! 


Os seus problemas são meus também, e isso eu faço por você e mais ninguém!


O que eu quero é ver o seu bem, Amigo, Estou aqui!


Os outros podem ser até bem melhores do que eu, bons brinquedos são, porém, amigo meu é coisa séria, pois é opção do coração (viu?!)


O tempo vai passar, e os anos não confirmar as três palavras que proferi: 


Amigo, Estou Aqui! "




Um feliz dia do amigo a todos os amigos que sabem que 'Estou aqui', e que estão ai pra mim também, os de longa data, os novos amigos, os que aparecem vezenquando, amigo que sonha junto, que puxa a orelha, que leva pro mal caminho, amigos na saudade, amigos que nem estão mais nessa vida, e aos que um dia ja foram amigos e aos que serão amigos um dia...

Obrigada a todos, muita luz, muita energia positiva!

Amo vocês!

sábado, julho 16

Reflexões após passar no Vestibular...

Nunca tive grande habilidade de fazer escolhas, desde pequena quando tinha que escolher o azul ou amarelo, eu dava um jeito de ficar com os dois, e quando não havia essa opção era um dilema até chegar a uma conclusão.

A verdade é que sempre quero explorar todas as opções, seguir mais de um caminho, ver no que da, minha tia sempre diz que eu tenho grande dificuldade em fazer apenas uma coisa de cada vez, e é verdade. Neste exato momento por exemplo: estou aqui escrevendo enquanto converso com três pessoas no facebook, leio os posts do twitter, ouço música com a guitarra no colo e como um sanduiche. Não conseguiria fazer apenas uma dessas coisas. Estão todas aqui, disponíveis, porque não faze-las?

O último post que fiz aqui, foi sobre o post do Gustavo Fernandes no blog de empreendedorismo do Intellectus, que fala sobre a Importante tarefa de decidir o que fazer da vida. Coincidencia ou seja lá qual for o nome que você gosta de chamar, essa semana tive que tomar mais decisões que no último ano inteiro, e parece que todas as minhas energias foram sugadas por uma força que se encarrega de distribuir uma infinidade de ótimas opções em paralelo e só podemos escolher por uma.

Depois de todas as decisoes tomadas e tudo bem resolvido, arrumado e planejado, resolvi dar uma adiantada nas coisas que tenho pra fazer essa semana, a começar pelas inumeras e infinitas listas em que as universidades poderiam muito bem liberar em .Xml ao invés de .pdf.

Pra minha surpresa, descobri que passei pra URFJ, pra Filosofia e pra UNIRIO, biblioteconomia.



Antes de ficar emocionada ou indecisa, resolvi olhar a data de matrícula.

Problema resolvido: Perdi as duas!

De volta ao plano A: Marketing, e Vestibular pra Filosofia no fim do ano.

Bem, pelo menos acrescentei "Passar em um vestibular" a lista de coisas que ja fiz desde 1992, quando cheguei por aqui, ao colocar o novo item na lista, fiquei refletindo sobre cada um deles, e cheguei -- sem nenhuma indecisão -- a algumas conclusões:

O saldo é 100% positivo; Me amarro muito em viver e Não sei absolutamente nada dessa vida.

Amigos, Música, Paz de espírito, Abraços e sorrisos sempre, em qualquer que seja o caminho: É essa a escolha que faço!

Algumas coisas que fiz desde que cheguei por aqui (e que venham os próximos ≈ 91 anos):

· Andei de avião,
· Escrevi um livro
· Plantei uma arvore
· Ajudei uma senhora atravessar a rua
· Fui a missa
· Fui a lapa
· Namorei
· Sai escondida
· Cheguei depois da hora
· Participei de um Grêmio estudantil
· Matei aula
· Andei de bicicleta
· Transei
· Fiquei de porre
· Aprendi a tocar mais de um instrumento
· Fumei
· Participei de competições de judô
· Tive 7 pneumonias
· Repeti de ano
· Dei palestras
· Fiz natação
· Missionei
· Fiz EAC
· Fiz Jazz
· Tentei Surfar
· Andei de Skate
· Aprendi a jogar xadrez
· Tive uns 12 peixes
· Conheci Paraty, Rio da Ostras, Buzios, Iguaba, Cabo Frio, Itatiaia, Penedo, Vassouras, Lumiar e Brasília.
· Fui a Boate
· Estudei em mais de 4 colégios
· Morei em mais de 1 lugar
· Pintei o cabelo de vermelho
· Fiz dreadlocks
· Li mais de 100 livros
· Ouvi mais de 200.000 músicas
· Ja vi mais de 1000 filmes
· Usei o Windows Milenio, 95, 98, xp, vista e 7.
· Tive mais de 6 computadores
· Tive MIRC e ICQ
· Ouvi discos de vinil
· Sobrevivi ao primeiro emprego
· Tive mais de 100 professores
· Andei em um Siena com 9 outras pessoas
· Dirigi um Hyunday
· Conheci mais de 5000 pessoas
· Fui a 9 bienais do livro
· Mais de 50 peças de teatro
· Tive 3 formaturas
· Fui ao Show do Paul Mccartney
· Passei no Vestibular.

domingo, julho 10

Adoro em 'Filtro Solar', a parte que o Pedro Bial diz:

"Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam, aos
vinte e dois
o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que eu conheço ainda
não sabem."


Lembro como se fosse hoje do ano em que fiz Pré-tecnico: fazíamos projetos, estudávamos o programa, decorávamos questões, existia um padrão para as provas do Cefet e Cefeteq que sabíamos de cor e salteado!

Estudei bastante, passei pra segunda fase do Cefet e não fiz a prova, nem sei bem porque, confesso. Bem, de qualquer maneira, não thavia nenhum curso técnico que eu quisesse fazer, estava fazendo as provas pela simples pressão de fazer o pré-tecnico e passar, porque as pessoas diziam que isso era o melhor pra mim, e numa boa, quando se esta na 8˚Série, o atual 9˚Ano, não há a menor condição se saber o que é melhor para os próximos 3 ou 4 anos sozinho.

Resultado, meu ensino médio foi complicado, saudade do tempo em que a dúvida era fazer curso técnico ou entrar em colégio que visasse o vestibular...

Optei pelo vestibular e foram dois longuíssimos anos até acertar e cair no Intellectus, antes disso,  entre reprovações e falta de adaptação, ficava ainda a dúvida se não deveria ter feito o tal do técnico.



Passei todo o ensino fundamental assistindo e pesquisando sobre propagandas, estava certa de que era o que eu queria fazer o resto da vida, Propaganda e Marketing.

Quando comecei o 1˚Ano do ensino médio, decidi por Psicologia e nada tiraria isso de mim, cheguei ao Intellectus certa de que dois anos depois estaria cursando Psicologia. No inicio do 3˚Ano, voltei ao desejo da Propaganda, "Não adianta, Nasci pra isso!" foi o que eu disse.

Hoje, com 2˚Grau finalmente completo (eu achei que nunca ia acabar!),  vou começar Administração, e espero passar para Filosofia no final do ano, e não pretendo parar, quem sabe não vou emendar em psicologia ou publicidade, ou letras, ou engenharia ou...

Não é fácil, mas existem muitos caminhos pra se chegar, nenhum erro que possa ser cometido nessa escolha, não poderá ser revisto, se você sabe onde esta indo, como vai chegar até la é só a história que contará mais tarde pros que virão.

Se você esta vivendo esse dilema e não sabe bem o que fazer, fica a dica: leia o Post de hoje do Blog de Empreendedorismo do Intellectus , que fala exatamente sobre a dificuldade da escolha profissional...


A difícil tarefa de decidir toda uma vida…
Uma das decisões mais difíceis de um jovem ou adolescente é qual profissão escolher. Costumo brincar que seria muito melhor decidir o que fazer por toda a vida aos 60 ou 70 anos. Imagina como seria exato! Com toda a experiência adquirida, dificilmente erraríamos na escolha profissional! Aí seria só voltar no tempo e passar o resto da vida feliz!
Divagações a parte, vamos ao que interessa… como saber se a faculdade que escolhi é realmente o que quero? 

domingo, julho 3

Precisamos de Santos que usem iPad.



Na última quarta feira o papa Bento XVI aderiu ao twitter no melhor estilo hi-tech, através do seu iPad.

A primeira tuitada do papa dizia: Dear Friends, I just launched http://t.co/fVHpS9y Praised be our Lord Jesus Christ! With my prayers and blessings, Benedictus XVI.

A criação do Vaticano News mostra o interesse da igreja em mostrar seu lado Itaú de ser ( O mundo muda, o itaú muda com você), o que ja deveria ter acontecido desde de sempre (digo: a igreja acompanhando a evolução dos tempos), mas antes tarde do que nunca.

A Igreja Catolica é engessada no século XV, com regras, e conceitos que ja foram ha tempos ultrapassados, mas fico feliz em ver por menor que seja essa abertura, um indicio físico de modernizar os conceitos de mundo, as visoes de sociedade, as maneiras de falar e de relacionar-se com o publico em questão.

João Paulo II já havia demonstrado esse desejo em acompanhar os avanços do mundo, a Carta aos jovens é uma oração a entrega da juventude a uma igreja aberta e moderna:


"Carta aos Jovens


Precisamos de Santos sem véu ou batina. Precisamos de Santos de calças jeans e tênis. Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos. Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lascam" na faculdade.


Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade. Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI com uma espiritualidade inserida em nosso tempo. Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças socias.


Precisamos de Santos que vivam no mundo se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo. Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem discman. Precisamos de Santos que amem a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refri ou comer pizza no fim-de-semana com os amigos.


Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de esporte. Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros. Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo mas que não sejam mundanos" –  João Paulo II




Hoje, precisamos de Santos que usem iPad, que testemunhem no twitter, e compartilhem no facebook, santos que antes da missa façam check in no fourquare em sua paróquia, santos que saibam a hora de desligar o computador e se entregar a uma boa vigília, santos que sejam fieis a sua fé como são com seus perfis online.

O twitter não foi a primeira mídia que o vaticano aderiu, já tinham inaugurado um canal no YouTube e um perfil no Facebook.

O site foi desenvolvido pelo Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais, fica a dica pra quem diz que essa coisa de Web não da futuro, até o papa precisa de um Social Media! rss

Sigam @news_va_en para saber tudo que rola no vaticano!

Fico realmente feliz com essa conquista da humanidade, quem sabe as paróquias das nossas cidades não entram na brincadeira e passam a aderir formalmente os serviços de web?!

Que Deus abençoe a tecnologia!