quarta-feira, agosto 27

Despedida!

Fico aqui,
Olhando ele ir embora,
Sem nem dizer adeus,
Pedindo pra que fique,
Só por mais alguns minutos,
Pra que eu o possa observar,
Uma ultima vez antes que ele se vá!

Se foi,
Sei que hoje, ele não volta mais!
Mas amanha voltara,
Trazendo de volta minha alegria,
Esquentando meu corpo,
Fazendo-me suar,
Suspirar,
Não sei se de prazer,
Ou incomodo!

E novamente se vai,
Lentamente,
Como em triste despedida,
Retomando ao ponto de partida,
Lá vai o sol,
Deixando a noite cair
Pra fazer nascer o amanha,
Do outro lado do mundo.